domingo, 27 de setembro de 2020
11998400996
Barueri

22/04/2020 às 20h00 - atualizada em 22/04/2020 às 20h05

Redação

COTIA / SP

HMB disponibiliza canal de atendimento para familiares de internados por Covid-19
O Comitê também considerou necessário restringir as visitas em outros setores com o objetivo de diminuir a circulação dentro da unidade e reforçou a solicitação para que a equipe de hotelaria mantenha o abastecimento de sabonete líquido e álcool em gel em todos os andares do hospital.
HMB disponibiliza canal de atendimento para familiares de internados por Covid-19

O Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran (HMB) criou um Comitê de Combate à Covid-19, composto por médicos, enfermeiros e funcionários administrativos, para nortear as medidas e decisões durante o período de pandemia. E uma das alternativas já adotadas foi a disponibilização do telefone (011) 2575-3314 especialmente para que os familiares dos pacientes suspeitos ou confirmados de Covid-19 tirem suas dúvidas sobre o tratamento oferecido. Além do telefone, disponível entre 8 e 17h, o HMB também oferta o e-mail [email protected] para contato.


O Comitê, que mantém contato diário para alinhar todos os fluxos necessários de atendimento, encontrou essa opção para garantir a comunicação direta com as famílias, já que as visitas a esses pacientes precisaram ser suspensas para reduzir o risco de novas contaminações. Todas as perguntas são anotadas por um funcionário e diariamente, no período vespertino, o próprio médico que está acompanhando o caso liga para o parente considerado responsável legal a fim de responder às questões, atualizar o boletim médico e explicar a evolução do quadro. 


“Precisamos assistir o paciente no hospital e cuidar do lado emocional dos familiares, porque eles não podem vê-lo. Nós explicamos que é pela segurança de todos, para que a doença não prolifere. No geral eles entendem, mas sabemos que é uma situação muito difícil, por isso temos todo o cuidado e carinho necessários para passar as informações e não temos pressa nas ligações. Algumas chamadas duram mais de 30 minutos”, explica Nara de Moraes, coordenadora do Pronto-Atendimento e participante do Comitê como responsável pelo contato com os familiares. 


Entre segunda e sexta-feira o hospital recebe cerca de quatro ligações por dia; já durante o final de semana, a média sobe para sete, o que representa mais de 30 chamadas por semana para acalmar os familiares e tirar dúvidas que podem surgir mesmo depois do contato do médico. "Ligamos para um familiar de cada paciente. A aceitação das nossas ligações tem sido muito boa e muito gratificante. Já recebi pedido para cantar ‘Parabéns’ e já acompanhei a alegria de uma mãe ao receber a notícia de que a filha já estava consciente e respirando sem ajuda de aparelhos”, comenta Nara, que tem escutado muitas palavras de gratidão dos familiares pela dedicação de toda a equipe do HMB.


O Comitê também considerou necessário restringir as visitas em outros setores com o objetivo de diminuir a circulação dentro da unidade e reforçou a solicitação para que a equipe de hotelaria mantenha o abastecimento de sabonete líquido e álcool em gel em todos os andares do hospital.


Em relação os colaboradores, também já foram promovidas palestras com objetivo de esclarecer questões como origem do vírus, tratamento, uso de equipamentos de proteção individual e o fluxo de atendimento dos casos suspeitos ou confirmados, além de divulgação interna com vídeo, banners e informativos com orientações, comunicados e, principalmente,  agradecimentos pela dedicação de todos os funcionários no combate à pandemia.


“No cenário atual, considero que o hospital inteiro está na linha de frente no combate ao novo coronavírus. Precisamos da colaboração e do engajamento de todos os setores, como, por exemplo, para melhorar a comunicação com as famílias, após as alterações das visitas. Contamos com a área administrativa, que realocou um funcionário para atender as ligações, dos setores de Internação e Plantão administrativo, que atualizam os telefones nos cadastros, da Tecnologia de Informação, para adaptar os pontos de telefone e computador, além da assistência direta dos médicos, que acolhem o paciente e também conversam com os parentes”, destaca Paulo Tierno, diretor técnico do HMB.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados