Quinta, 06 de agosto de 2020
11998400996
Cidades

26/04/2020 às 21h01 - atualizada em 26/04/2020 às 21h04

Redação

COTIA / SP

Com 190 leitos, Hospitais de Campanha de Santana de Parnaíba serão inaugurados em breve
Unidades de combate ao Coronavirus foi destaque na grande mídia como a cidade com maior número de leitos da região.
Com 190 leitos, Hospitais de Campanha de Santana de Parnaíba serão inaugurados em breve
 Por conta da pandemia causada pelo coronavírus, a prefeitura de Santana de Parnaíba tem concentrado seus esforços e realizado um grande investimento na área da saúde, com a implantação de novas unidades e adaptação de espaços, voltados a atender pacientes com casos graves da doença. Com 50 leitos, com unidades de terapia intensiva (UTI) e Semi- -intensiva, a antiga Casa do Idoso está recebendo equipamentos hospitalares e será destinada a pacientes de alta e média complexidade, em estágio avançado da doença.

 

Já o novo CAPS Vila Esperança, terá 40 leitos voltados aos pacientes de baixa complexidade, enquanto que o Centro de Convenções, localizado ao lado da Arena de Eventos, terá aproximadamente 100 leitos hospitalares, também para os casos de baixa complexidade. Além dos novos equipamentos, 260 profissionais, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem atuarão nestas unidades com o desafio de cuidar e salvar as vidas de possíveis pacientes que vierem, se necessário, ter que utilizar estes centros de combate ao coronavírus. ]

 

Os hospitais de campanha não serão unidades de atendimento ao público, pois estarão destinados a receberem os pacientes diagnosticados com Covid-19, encaminhados pelas unidades de saúde (USA´s e UBS) e de Pronto Atendimento (PAM Santa Ana, UPA Fazendinha e PS Infantil) e, durante a permanência, eles não poderão receber visitas, para evitar risco de propagação da doença.

 

As informações sobre o quadro de saúde será informado a família pela equipe médica por telefone. Para os casos assintomáticos (sem manifestação de sintomas) a prefeitura recomenda que o paciente permaneça em casa, em isolamento social por um período de até 14 dias, prazo no qual, de acordo com o Ministério da Saúde, é o recomendado para a recuperação do paciente.
Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados