Quarta, 19 de janeiro de 2022
ZAP 94054-5353
Barueri

15/06/2021 às 16h57 - atualizada em 15/06/2021 às 17h01

Redação

COTIA / SP

Secretários municipais de Esportes da Grande SP se reúnem em Barueri para intercâmbio
A associação recebeu a adesão de todos os 39 municípios da Grande São Paulo e já há grandes municípios do Interior (como Ribeirão Preto e Serrana) e do Litoral (como Santos) interessados em participar.
Secretários municipais de Esportes da Grande SP se reúnem em Barueri para intercâmbio

Nesta sexta-feira, dia 11, secretários de Esportes de 15 municípios da Grande São Paulo se reuniram em um evento que ocorreu o dia todo, de manhã no Ginásio Poliesportivo José Corrêa e à tarde na Arena Bararueri, para troca de experiências na gestão de esportes.

O 1º IMESPORTE - Uma Imersão na Gestão Eficiente do Esporte, foi organizado pela Secretaria de Esportes de Barueri em parceria com a Asemesp (Associação dos Secretários Municipais de Esportes e Lazer da Região Metropolitana de São Paulo).


Após uma exibição dos capoeiristas do Barueri Esporte Forte, o secretário Tom Moisés abriu o evento e deu a palavra ao vice-prefeito e secretário de Obras, Roberto Piteri. Ele deu as boas-vindas aos visitantes e enalteceu os esforços de Barueri em prol dos Esportes. Houve ainda apresentação de atletas de ginástica artística e de kung fu.


O secretário-executivo Mauzler Paulinetti também fez uso da palavra. Em seguida, as atenções foram voltadas para o secretário-geral da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Walter Feldman.


Em meio a uma crise vivida pela entidade máxima do futebol brasileiro e de uma contestada Copa América que está prestes a se iniciar, ele deu todo apoio à inciativa do 1º Imesporte e criticou a corrupção, os desvios de verba e a toxicidade de muitos gestores de esporte."O esporte não é meramente uma atividade lúdica e sim um instrumento de transformação social. Se o jovem não se tornar um atleta de elite, será um cidadão disciplinado", declarou à reportagem.


Luciana Avelino, secretária de Esportes de Diadema, explicou por que prestigiou o evento: "O objetivo é trocar experiências com pensamento na inovação da política pública, integração regional e fomento ao esporte e ao lazer", afirmou.

Os desafios


O IMESPORTE é um evento focado no desenvolvimento do setor. Ele tem o objetivo de promover troca de experiências, fortalecer vínculos e promover maior união entre os gestores esportivos.

Alternativas à falta de investimentos foram apontadas por Tom Moisés, que exemplificou várias medidas que custam pouco ou quase nada. Ele sugeriu a substituição da grama natural dos campos de futebol pela sintética. "Custa um pouco mais a princípio, mas exige menos manutenção ao longo do tempo", diz. "É preciso pesquisar, debater, dialogar e estudar", complementou. O 1º Imesporte foi encerrado com as brilhantes palestras de Rodrigo Paiva, diretor do Barueri Esporte Forte, e de Rodrigo Braghetto, consagrado ex-árbitro de futebol e atual gestor esportivo. Os visitantes, que já tinham conhecido parte das dependências da Arena Barueri, puderam antes de ir embora pisar no gramado do estádio, um dos melhores do Brasil.


O secretário Tom Moisés, entusiasmado com a realização do evento, complementou: "Apesar da pandemia, temos esperança de que a vida continue e por isso seguimos trabalhando. A cidade de Barueri conseguiu hoje reunir 15 secretários municipais de esportes para estudos, diálogos e debates sobre políticas públicas de esportes que possam melhorar a vida das pessoas, incluir, educar, transformar e influenciar crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos. Temos esperança de um futuro melhor”.

Sobre a Asemesp


Criada em 31 de março deste ano e sediada na capital paulista, a entidade surgiu da necessidade de recuperação do prestígio perdido pelo esporte depois da Copa do Mundo e das Olimpíadas no Brasil. Além disso, as verbas federais foram cortadas sistematicamente nos últimos anos e culminaram com a extinção do Ministério dos Esportes. "Nosso objetivo é fazer gestões junto às autoridades. Se ficarmos parados, nada acontece", adverte o secretário-executivo da Asemesp.


A associação recebeu a adesão de todos os 39 municípios da Grande São Paulo e já há grandes municípios do Interior (como Ribeirão Preto e Serrana) e do Litoral (como Santos) interessados em participar.


 

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2022 :: Todos os direitos reservados