Sexta, 15 de novembro de 2019
11998400996
Barueri

09/09/2019 às 19h12 - atualizada em 09/09/2019 às 19h17

Redação

COTIA / SP

Alunos da Emef Amador Aguiar se interessam por matemática usando tecnologia
Os jogadores além de procurar a resposta certa têm que se preocupar com o tempo, pois em cada questão há um relógio e a rapidez na resposta contribui também com a pontuação.
Alunos da Emef Amador Aguiar se interessam por matemática usando tecnologia

Os estudantes da Emef Amador Aguiar, do Parque Imperial, estão cada dia mais envolvidos com o processo de aprendizagem por intermédio de tecnologia. Após a implementação dos equipamentos tecnológicos, as aulas estão muito mais dinâmicas e despertando o interesse dos alunos.


 As turmas dos nonos anos, por exemplo, estão exercitando as aulas de matemática de forma dinâmica e divertida, pois estão usando a ferramenta Kahoot. Trata-se de um jogo que funciona da seguinte forma: com o Chromebook conectado ao login da plataforma, projeta-se todos os nomes dos participantes e questões com suas respectivas respostas. Os jogadores além de procurar a resposta certa têm que se preocupar com o tempo, pois em cada questão há um relógio e a rapidez na resposta contribui também com a pontuação.


 Para o professor de informática, Alexandre Silva, as aulas estão fazendo o maior sucesso e os alunos aprendendo muito mais. “A proposta de levar o aplicativo à aula oferece alguns aspectos que devem ser planejados e observados antes e durante a aplicação da ferramenta. O jogo nos oferece uma alta competitividade entre os participantes, portanto, o controle no decorrer da partida é relevante. O objetivo é aprender como o entretenimento, ou seja, além de passar por um tipo de avaliação, os alunos se divertem, aprendem e até ensinam no momento da correção das questões”, explicou. A interação e o dinamismo entre alunos na participação do jogo trabalham o raciocínio lógico e rápido para as respostas, além da competitividade equilibrada.


De acordo com a diretora Soraia Guedes, a iniciativa visa recuperar a aprendizagem dos alunos de uma forma cada vez mais interessante. “Após as análises dos gráficos fornecidos pela Secretaria de Educação por meio de avaliações bimestrais, foram observadas algumas habilidades não desenvolvidas. Em mãos desse material, foram planejados aulas e exercícios para execução do jogo. Foram trabalhados conteúdos como porcentagem, números decimais, álgebra, as quatro operações e frações, entre outros”, informou.   Após a aplicação e análise das planilhas sobre as participações dos alunos, os resultados foram dentro do previsto. O Kahoot oferece elementos para averiguar o desempenho sobre a assertividade das questões e, além da forma individual, é possível avaliar o rendimento do grupo.

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados