Terça, 14 de julho de 2020
11998400996
Geral

23/03/2020 às 20h04

Redação

COTIA / SP

Trump volta a chamar COVID-19 de 'vírus chinês' e anuncia medidas para conter pandemia nos EUA
Ordens de despejo estão canceladas; declarações de imposto de renda, que deveriam ser entregues em abril, podem ser enviadas até julho
Trump volta a chamar COVID-19 de 'vírus chinês' e anuncia medidas para conter pandemia nos EUA

O presidente dos Estados Unidos disse, neste sábado, em pronunciamento na Casa Branca, que todas as ordens de despejo nas cidades do país estão suspensas. Trump anunciou, também, que o prazo para a entrega das declarações de imposto de renda foi prorrogado por três meses. Ao divulgar as medidas, tomadas para enfrentar os impactos da pandemia do coronavírus, o chefe do Executivo estadunidense voltou a se referir à COVID-19 como “vírus chinês”. “A América tem o papel de proteger a nação de um inimigo horrível e invisível. Teremos muito sucesso, e mais rápido do que muita gente acha. Fiquem em casa e salvem vidas”, pediu o presidente.


Trump disse, ainda, que o governo trabalha para incentivar empresas a dar velocidade à produção de insumos como máscaras e ventiladores respiratórios. O presidente aproveitou para anunciar o cancelamento das provas aplicadas, anualmente, aos estudantes do ensino médio. A Casa Branca e o Congresso têm trabalhado para costurar legislações que auxiliem os pequenos comerciantes e os trabalhadores, severamente impactados pelos efeitos econômicos da pandemia. De acordo com Trump, a líder da oposição, a democrata Nancy Pelosi, tem atuado ativamente para buscar soluções.


Cooperação


Em seu pronunciamento, o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, enalteceu a colaboração dos cidadãos no combate à doença respiratória. Pence pediu que os usuários do sistema de saúde cancelem procedimentos médicos eletivos, como cirurgias bariátricas. Ele destacou, também, a necessidade de reservar testes às pessoas com sinais visíveis do vírus. “Se você não tem sintomas, não faça o teste. É uma maneira que as pessoas têm de assegurar os recursos que os trabalhadores da saúde precisam”, explicou.


Casa Branca tem um infectado


Um integrante da equipe de Mike Pence foi diagnosticado com o coronavírus. No entanto, segundo o vice-presidente, Trump e ele não tiveram contatos diretos com ele, visto que o servidor não dá expediente na Casa Branca desde a última segunda-feira.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados